O deputado federal Marcelo Ramos (PL) almoçou com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) e entregou um estudo sobre a Zona Franca de Manaus (ZFM) do economista da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Marcio Holland, acerca dos efeitos do modelo econômico para o Brasil.

São Paulo é um dos estados que mais lucram com a venda de insumos às indústrias do Polo Industrial de Manaus.

Entre uma garfada e outra, o parlamentar amazonense buscou sensibilizar Doria, uma liderança nacional, de que a ZFM é lucrativa para o Brasil e para São Paulo, sabedor que é dos ataques que se avizinham ante o início das discussões sobre a reforma tributária.

“Dados da Fundação Getúlio Vargas dão conta de que mais de 60% dos insumos das indústrias do Polo Industrial de Manaus são adquiridos em outros estados do país, com ênfase para São Paulo”, revelou Marcelo nesta segunda-feira, dia 15.

 

Leia mais 

Sidney é eleito vice-presidente da comissão especial da reforma tributária

Relator da reforma tributária promete vir a Manaus

 

Ramos e Doria aproveitaram para conversar sobre a proposta de inclusão, pelo Senado Federal, dos Estado e Municípios na reforma da Previdência, os efeitos da reforma tributária sobre Zona Franca de Manaus, entre outros temas relacionados à política nacional.

O parlamentar amazonense agradeceu o convite de Doria e reafirmou que espera que ambos caminhem juntos em todas as causas que ajudem o Brasil a retomar um caminho de prosperidade e geração de emprego e renda.

 

*Com foto e informações da assessoria de imprensa.