Ato contínuo à confirmação de seu nome como relator da reforma tributária, na Câmara dos Deputados, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressiats-PB) virou-se para seu colega de partido Átila Lins (AM) e prometeu vir a Manaus discutir a matéria.

A promessa foi vista com sinal de que boa vontade com a Zonas Franca de Manaus, já que o texto dessa reforma mexe com tributos que formam o cardápio de incentivos fiscais para atrair fábricas para o Polo Industrial de Manaus.

 

Força do AM

A propósito, outra demonstração de boa vontade com a ZFM, ante ao ímpeto do Ministério da Economia em prejudicar o modelo, está no número de parlamentares do Amazonas que irão compor o colegiado.

Dos oito membros bancada, seis estão na comissão da reforma tributária: Sidney Leite (PSD), que será o 1o vice-presidente, e Bosco Saraiva (Solidariedade), membros titulares. Átila Lins (Progressiats), Marcelo Ramos (PL), Capitão Alberto Neto (PRB) e o petista José Ricardo entraram como suplentes.

 

Pablo, nada!

Os integrantes da bancada esperavam que o deputado federal Delegado Pablo, que é do partido do presidente Jair Bolsonaro (PSL), fosse compor a comissão da reforma tributária, mas, até agora, nada.

 

Foto: Divulgação