O presidente Michel Temer convidou o presidente eleito Jair Bolsonaro a participar com ele da próxima reunião do G20, marcada para acontecer nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, na Argentina.

Os dois falaram à imprensa, nesta quarta-feira (7), sobre a transição de governo. O encontro oficial, que teve tom protocolar, aconteceu em Brasília.

Em seu discurso, de acordo com o Política ao Minuto, emedebista mostrou-se disposto a aproximar o capitão reformado das tarefas presidenciais quando o convidou para a próxima reunião do G20.

“Espero que ele possa ir”, disse Temer.

Quem também deve ir ao fórum internacional do G20 é o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que é adorado por Bolsonaro.

O atual comandante do país também elogiou Bolsonaro e disse que terá o “prazer” de passar o cargo para ele.

“No dia primeiro (janeiro de 2019) terei o prazer de entregar as chaves do palácio (do Planalto) para o presidente Bolsonaro, que fez uma belíssima campanha eleitoral”, acrescentou Temer.

Após a reunião que formalizou o governo de transição, Jair Bolsonaro, disse hoje (7) que “muita coisa” da vai ser mantida da gestão Temer, sem citar detalhes.

Ele afirmou que “não se pode furtar” do conhecimento de quem passou pela Presidência da República.

Bolsonaro agradeceu o encontro e disse que conta com a experiência de Temer para ajudá-lo.

 

Foto: Alan Santos/PR