O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve, por unanimidade, a cassação do governador Jose Melo (Pros) e o do vice-governador Henrique Oliveira (SD) em julgamento que durou menos de cinco minutos, nesta terça-feira, dia 22.

Com o julgamento dos embargos (recurso especial), o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) esta liberado para diplomar o governador que será eleito nas urnas no próximo domingo, dia 27.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski havia condicionado a diplomação dos eleitos ao julgamento dos embargos.

 

Foto: Reprodução/YouTube