Professores da rede estadual vão ganhar, já no contracheque deste mês, um aumento salarial de 9,38%. O anúncio foi feito pelo governador Wilson Lima (PSC) nesta quinta, dia 17, durante inspeção a uma escola do bairro Educandos, na zona sul de Manaus.

“A transparência no diálogo com os professores tem sido o nosso mote. Estamos deixando claras todas as ações que nós estamos fazendo e onde é que os recursos estão sendo aplicados. Hoje temos essa boa notícia, de aumento”, disse Wilson.

O aumento salarial alcança 26.372 servidores da Seduc.

 

Leia mais

6,7 mil professores temporários ficam por mais seis meses na Seduc

Escolas em estado precário

Além do reajuste, Wilson disse que a Secretaria de Educação (Seduc) vai executar plano emergencial de R$ 350 milhões para reformar 251 escolas, sendo que destas 37 escolas em situação precária. São 29 no interior do estado e oito na capital.

No total, o governo disse que recebeu de Amazonino Mendes (PDT) 251 escolas precisando de reformas e reparos.

A escola Nilo Peçanha, que funciona há 123 anos em um prédio tombado pelo patrimônio histórico, é uma das que estão em situação precária e não deve funcionar neste ano. Ela será fechada para obras.

Segundo o governador, o cenário nos municípios é pior. “Em Itamarati e Ipixuna tem escola que não vai funcionar. Tem escola em Tonantins que está desabando”.

 

Resultado de concurso

Wilson afirmou que retomou o concurso público da Seduc e que o resultado final deve ser divulgado no final de fevereiro.

Ele revelou também que está empenhado em garantir a merenda does estudantes do interior do estado. Há uma tonelada e meia de alimento, que deveria ter sido enviada em dezembro, a distribuir.

 

Foto: Divulgação/Secom