Apesar de ter sido nomeado titular interino da Seduc não foi Luis Fabian quem fez o primeiro comunicado oficial aos servidores da Educação.

Coube a Luiz Castro (Rede), deputado estadual de recesso e que assume a pasta até o fim de janeiro quando termina seu mandato,  desmentir boatos e reafirmar, em vídeo, o pagamento do reajuste de 9,37% da data-base professores, pedagogos e demais servidores.

 

É pra já

“O reajuste virá na folha deste mês”, garantiu Castro.

 

Concorrentes

O recém-empossado secretário Executivo da Seduc Luis Fabian, que será o número 2 da pasta a partir de fevereiro, foi o nome forte que concorreu até o último minuto com o deputado para comandar a educação estadual.

 

Foto: Reprodução