A Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) está a quatro assinaturas de tornar possível a criação da CPI dos Combustíveis para investigar suspeitas de prática de preço combinado (cartel) na venda de produtos nos postos de Manaus.

A CPI (comissão parlamentar de inquérito) foi proposta nesta semana pelo deputado estadual Álvaro Campelo (PP).

Quatro parlamentares embarcaram na ideia e já deram seu aval na manhã desta quinta, dia 7: Wilker Barreto (PHS), Serafim Corrêa (PSB) e Dermilson Chagas (PP) e o próprio Campelo.

 

Leia mais

Do nada, postos de Manaus sobem 1 real no litro da gasolina

Procon Manaus notifica 70 postos por gasolina a preço abusivo

 

Foto: BNC Amazonas