O decreto do governo federal sobre posse de armas que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), prometeu assinar na próxima semana deverá permitir que cada indivíduo possa ter até duas armas em casa.

A informação foi revelada pela reportagem do SBT Brasil que teve acesso a uma prévia do documento que ainda não foi assinado, mas que servirá para cumprir uma das principais promessas da campanha de Bolsonaro.

Esse número de armas liberadas pode ser maior, dependendo do caso. O interessado deverá comprovar necessidade de ter mais do que duas dentro de casa.

Outra novidade é a liberação de posse de armas para moradores de áreas urbanas de “elevados índices de violência”. São as cidades com mais de dez homicídios por 100 mil habitantes.

Titulares ou responsáveis legais de estabelecimentos comerciais também poderão portar armas.

 

Leia mais

Posse de armas está próxima e PF perderá poder de concessão

 

A previsão é que Bolsonaro altere o decreto 5.123, de 1º de julho de 2004, assinado pelo ex-presidente da República Lula da Silva (PT).

Leia mais no portal Último Segundo.

 

Foto: Reprodução/Facebook