A primeira pesquisa de avaliação do governo do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), da empresa XP Investimentos, dá 40% como ótima ou boa e 20% de ruim ou péssima.

Entre os dias 9 e 11, mil pessoas foram ouvidas, por telefone, para a pesquisa divulgada nesta quinta-feira, dia 17. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Outros 29% avaliam a primeira quinzena da gestão como regular, enquanto 11% não souberam opinar ou não responderam.

Para 63%, Bolsonaro fará um mandato ótimo ou bom, enquanto 15% consideram que será negativo.

A pesquisa apontou que 62% aprovam a montagem do governo e as primeiras medidas anunciadas, contra 29% que desaprovam, e mostrou que a maioria da população (58%) defende que as primeiras medidas enviadas ao Congresso tratem sobre segurança pública.

O novo Congresso Nacional toma posse no dia 1º de fevereiro sob suspeição do brasileiro. Só 17% avaliaram como bom e ótimo os deputados federais e senadores. É de 37% a avaliação negativa dos parlamentares.

Leia mais no portal do Terra.

 

Moro melhor que Bolsonaro

De acordo com o blog Painel, da Folha de S.Paulo, na pesquisa que colheu a opinião do cidadão sobre 11 figuras políticas, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, apareceu melhor do que o chefe.

Moro levou nota 7,3 e Bolsonaro, 6,7. O ministro da Economia, Paulo Guedes, ficou em terceiro, com 6,7.

A surpresa é o ex-presidente da República Lula da Silva (PT), que apareceu em quarto, com 5,5.

 

Foto: José Cruz/Agência Brasil_Fotos Públicas