Mais R$ 152,2 milhões das emendas parlamentares foram liberadas pelo Palácio do Planalto, nessa quinta-feira (11), dia de votação dos destaques e emendas da reforma da Previdência. O dinheiro será destinado aos setores de saúde e educação nos municípios.

Nos dois dias anteriores a quinta, R$ 1,5 bilhão já havia sido liberado através das emendas, segundo o portal G1.

Agora, a verba disponibilizada em três dias para a saúde nos municípios chega a R$ 1,7 bilhão.

Emendas parlamentares, relembra o G1, são recursos previstos no Orçamento da União cujas aplicações são indicadas por deputados e senadores.

O dinheiro tem de ser empregado em projetos e obras nos estados e municípios.

Com a aprovação do orçamento impositivo, o governo passou a ser obrigado a liberar todo ano a verba prevista para as emendas.

No entanto, o Palácio do Planalto pode decidir como fará a distribuição ao longo dos meses.

Leia mais no G1.

 

Foto: Luís Macedo/Câmara dos Deputados