Wandernadia Lacerda, mulher de Carlos Lacerda, braço direito de Paulinho da Força, do Solidariedade, no Ministério do Trabalho, preso desde o dia 30 de maio, agora também virou alvo de investigações da Polícia Federal.

Segundo o Blog de Lauro Jardim, em O Globo, a polícia apura depósitos fatiados de até R$ 10 mil na conta bancária de Wandernadia.

O marido é acusado de comandar, sob a batuta do deputado federal e presidente do Solidariedade um esquema de fraude na concessão de registro sindical que pode ter rendido ao grupo cerca de R$ 500 milhões.

Lacerda é ex-presidente do Solidariedade no Amazonas e Wandernadia, servidora do Governo do Estado à disposição do gabinete de Paulinho da Força na Câmara dos Deputados há mais de um ano. O ex-governador José Melo (Pros) assinou a disponibilidade antes de ser cassado, em 2017, e Amazonino Mendes (PDT) prorrogou por mais um ano ainda no final de 2017.

Confira os decretos: 

 

 mulher

 

mulher 

 

Foto: Reprodução/EBC