Amazonino Mendes (PDT) empatou com o adversário Eduardo Braga (PMDB) na intenção de voto do amazonense na eleição suplementar a governador do estado. Ambos obtiveram 24%.

A candidata do PP, Rebecca Garcia, vem em terceiro, com 13,5%, crescendo quase dois pontos.

Na capital, Rebecca está atrás de Braga por apenas 3,1%.

Segundo a #Pesquisa365, Braga sofreu nos dois últimos meses uma queda significativa na intenção de voto. Em maio, na primeira pesquisa, o senador peemedebista tinha quase 40% da preferência.

Depois caiu para 24,9%. No início de junho, baixou para 22,7%. Antes das eleições serem suspensas, subiu para 26,1%. E agora Braga volta a perder dois pontos, ficando com 24,1%.

Seu principal adversário até aqui, segundo as pesquisas, o ex-governador Amazonino Mendes, fez o caminho inverso.

Amazonino começou com 15,2%, passou para 18,5%, pulou para 22,3% e agora alcançou 24%.

José Ricardo (PT) se manteve na quarta posição, com 8,5%. Atrás vêm Marcelo Serafim (2,9%), Luiz Castro (2,7%), Liliane Araújo (2,4%), Wilker Barreto (1,4%) e Jardel Deltrudes (1,0%).

 

Na decisão final

A pesquisa simula segundo turno entre os dois primeiros colocados. O resultado é de empate, considerando a margem de erro.

Braga tem 38,3% e Amazonino, 37,5%.

Na primeira pesquisa da empresa, de maio, Braga vencia com 16,6% sobre o adversário. Depois a diferença caiu para 4,9% e agora é 0,8%.

 

Capital x interior

“É importante se ressaltar que o peso dos eleitores de Manaus poderá ser de 65% contra 35%. O interior terá a maior abstenção de toda a história recente das eleições, desde 1982”, afirma o pesquisador em um dos trechos do estudo que deve divulgar ainda hoje.

 

Sobre a pesquisa

Os números são da #Pesquisa365, do empresário Durango Duarte, enviadas ao BNC no final da tarde desta segunda, dia 17. Este é o quarto estudo da empresa para a eleição suplementar.

A pesquisa com 2 mil eleitores (1,2 mil na capital e 800 no interior), de 11 a 16 deste mês, foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número AM-05395/2014. A margem de erro é de 2,2%.

Faltam 20 dias para a eleição.

Confira a pesquisa completa.

 

Foto: BNC