Assim caminha a Humanidade

No canto escuro da casa um homem chora, uma mulher chora. Um lamento se projeta para além da porta de saída; só o lamento. Já não é possível sair. Lá fora um inimigo à espreita, invisível, ávido por uma célula para se hospedar. O mundo do homem e da mulher já não é azul e […]

 

Por Lúcio Carril*

Assim caminha a Humanidade

Assine para receber em primeira mão

Encontrou algum erro? Entre em contato
TAGS
VEJA MAIS