Colunista

Lúcio Carril

O tempo da vida

O fim do ano se aproxima e eis que surge a necessidade de reflexão do tempo, como se em doze meses se fechasse um ciclo do fazer, do realizar, do atender. É curto demais. O tempo é a vida; é mais longo e nunca breve quanto um ciclo inacabado. Até porque só mensuramos o tempo […]

Precisamos reencontrar nossa humanidade

Ninguém nasce racista, machista ou preconceituoso. Uma criança, em seus primeiros anos de vida, não tem essas condutas. Se outra criança é diferente na sua forma de ser, elas brincam, interagem, se relacionam. Não tem cor, gênero ou jeito que possam repelir a interação humana e social. O preconceito é uma construção social que destrói […]

A liberação criou uma consciência de perigo superado

Estamos vivendo um terrível medo de uma segunda onda do coronavírus (covid-19) em Manaus. Me refiro a uma pequena parcela da população. Talvez não mais do que 20%. A liberação programada das atividades econômicas trouxe um certo alívio para quem estava no último suspiro, seja o micro e pequeno empresário ou o trabalhador que não […]

A pauta política de hoje é a defesa da democracia

Estou vendo uma certa inversão de pauta política, motivada por análise extemporânea. Explico. A pauta hoje é a defesa da democracia e a luta antifascista. Trata-se de uma pauta ampla, sem dono ou monopólio. Ela é capaz de mobilizar da esquerda à direita, passando por setores progressistas e conservadores. É, sim,  a defesa da democracia […]

Somos felizes

Para Simone e Maria Luiza Com carinho a todas as mães e filhos e filhas que não as têm mais   Olhei para o lado e vi o amor. Ele tem olhos que brilham, cintilam como uma estrela. Quando te fitam, cada piscar te hipnotiza de tanta ternura. Ele tem lábios que umedecem a alma […]

Assim caminha a Humanidade

No canto escuro da casa um homem chora, uma mulher chora. Um lamento se projeta para além da porta de saída; só o lamento. Já não é possível sair. Lá fora um inimigo à espreita, invisível, ávido por uma célula para se hospedar. O mundo do homem e da mulher já não é azul e […]

Um dia cinza com o asfalto sujo de sangue

O dia não estava pra chuva nem para trovoadas, mas tudo se fez cinza. O amanhecer não teve aurora, porque aurora tem poesia. Não ouve brilho, só escuridão. Até as pedras se incomodaram com aquele dia nefasto. Não era um dia comum. Noutros dias, não havia coturno nem tanques; o dia também não era cinza. […]