A eloquência da pseudojustiça e o silêncio dos injustiçados

ESTADO EM RITMO DE BARBÁRIE: A ELOQUÊNCIA DA PSEUDOJUSTIÇA E O SILÊNCIO DOS INJUSTIÇADOS José Alcimar de Oliveira*   01. Há 50 anos, num debate na Rádio de Hessen, precisamente no dia 14 de abril de 1968, Theodor Adorno (imagem destacada), ao tomar a barbárie como objeto de reflexão filosófica e pedagógica, chegava a admitir […]

 

A eloquência da pseudojustiça e o silêncio dos injustiçados