O investimento em planejamento e aplicação de estratégias eficazes, como o incentivo à leitura, o combate à evasão de alunos, o reforço do ensino com acompanhamento individualizado e a inserção da família dos estudantes no processo de ensino e aprendizagem elevaram o sistema de ensino público de Manaus às melhores notas nacionais no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017, divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) na semana passada.

Manaus ficou entre as dez melhores cidades no ranking brasileiro, no 9º lugar. O prefeito Arthur Neto (PSDB), comemorando a conquista, disse que o resultado reflete os investimentos na educação municipal nos últimos seis anos.

“A rede municipal de ensino de Manaus foi nos últimos seis anos a segunda capital que mais avançou no ensino com qualidade e subiu onze posições no ranking da educação brasileira, saltando da 20ª para a 9ª posição”, afirmou.

Em 2011, as escolas municipais de Manaus tinham nota 4,1 para os anos iniciais (1º ao 5º), e 3,1 para os anos finais (do 6º ao 9º ano) do ensino fundamental.

No Ideb 2017, as notas tiveram uma melhoria significativa, colocando Manaus entre as capitais com os melhores resultados nacionais. Os anos iniciais saíram de 4,1 para 5,8. Para os anos finais, o salto também foi excelente: de 3,1 para 4,7.

O crescimento foi de 41% e 52% em cada índice, respectivamente.

Esse nível de melhoria da educação fundamental antecipa metas do MEC previstas apenas serem alcançadas por Manaus para 2021.

 

Leia mais

Arthur para Amazonino: “Tem gente que leva bomba no ensino médio”

 

O caminho do sucesso do ensino municipal

O prefeito Arthur Neto atribui a conquista à implantação pela Prefeitura de Manaus, via Secretaria Municipal de Educação (Semed), de uma gestão de qualidade, capacitação, valorização e melhoria da qualidade do processo de ensino-aprendizagem.

“O aprimoramento nos nossos processos educacionais tem sido contínuo e é uma política de governo voltada para o futuro, para o pleno desenvolvimento social e econômico da nossa cidade, que só pode ser alcançado por meio da educação”, disse.

Arthur Neto prevê melhores resultados para os próximos anos com investimento em novas unidades escolares, na valorização do professor e em novas ferramentas educacionais, “que formam o nosso tripé da educação de qualidade”. Ele se referia ao Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus (Proemem).

 

Ideb

 

Escola Armando Mendes, exemplo de estratégias eficazes

A escola municipal Armando de Souza Mendes, no bairro São José 3, na zona leste de Manaus, que funciona desde 1987, foi uma das principais a alavancar os bons resultados da prefeitura no Ideb 2017.

Essa unidade, fincada em região periférica da capital, cercada de problemas sociais e de segurança pela violência e tráfico de drogas, chegou a ficar recentemente semanas sem aula por conta do roubo de toda a sua fiação elétrica.

De acordo com a diretora Rosana Xavier, apesar dos problemas enfrentados pela escola, o apoio do prefeito Arthur Neto e da secretária de Educação, Kátia Schweickardt, e a participação da comunidade, dos pais e do corpo docente, a Armando de Souza Mendes conquistou resultados excelentes no Ideb local e nacional.

 

Leia mais

Pais de alunos não têm de pagar despesas nos colégios da PM

 

Diretora destaca soma de esforços

Atual gestora da escola, Rosana Xavier, mestre e doutoranda em educação, disse que a melhoria dos resultados vem sendo alcançada graças a uma soma de esforços do seu time pedagógico, comprometido em aplicar as estratégias e planejamento de trabalho com os alunos e a interação com os pais.

“Estamos realizando um esforço conjunto muito forte para seguirmos os planos traçados para dar o melhor de nós em prol dos alunos. Além do plano pedagógico, desenvolvemos um plano de atividade ambiental e fazemos reforço escolar de forma individualizada com os estudantes. Não abrimos mão da presença da família dos alunos nas atividades da escola, e isso nos ajuda muito. Estamos muito felizes por nossa escola aparecer entre as melhores no ranking e contribuirmos para a conquista da Prefeitura de Manaus”, disse a diretora.

Rosana anuncia que o planejamento estratégico para 2019 já está pronto e com a motivação que toda a comunidade está vivendo, não duvida que os resultados de 2018 serão ainda melhores que o atual.

 

Ideb

 

Time motivado para alçar voos mais altos

“Vamos avançar mais. Estamos dando uma atenção especial também aos alunos participantes do Prova Brasil, e isso vai contribuir para melhorar nossos índices em 2018”, afirmou a professora.

A nota do Ideb é composta pelas notas da Prova Brasil, que é realizada a cada dois anos, e pelo desempenho do fluxo escolar, que verifica a adequação da idade dos alunos à série que eles estão cursando.

 

Leia mais

Arthur põe Manaus em emergência pela violência e ataca governo

Manaus é Campeã no Ideb

 

Fotos: Divulgação