O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, comemorou em sua conta no Twitter neste final de semana a instalação de uma nova ponte provisória para a retomada do tráfego na BR-230 (Transamazônica), na ligação dos municípios amazonenses de Manicoré, Apuí e Humaitá, a 332, 453 e 590 quilômetros de Manaus, respectivamente.

‏A ponte havia desabado no último dia 26 de março quando um caminhão fazia a travessia sobre o rio.

O incidente prejudicou diversas comunidades interligadas pela BR, como Santo Antônio do Matupi, no km 180, em Manicoré, principalmente no escoamento da produção agrícola, no desabastecimento de alimentos e outros produtos, como combustível, e no deslocamento dos moradores.

A ponte provisória foi instalada pelo Exército e é do tipo LSB, usada em situação de guerra para apoio logístico, versão moderna da antiga ponte Bailey.

 

Leia mais

Mourão diz que BR-319 vai ser asfaltada e que ZFM tem que melhorar

 

Atuação do presidente da ALE-AM

Essa recuperação havia sido pedida com urgente pelo presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), Josué Neto (PSD), encaminhando clamor da população atingida na região.

De acordo com o governo, a ponte permanente será construída após o inverno amazônico.

 

Leia mais

BR-319, 43 anos de abandono e 900 quilômetros de pobreza e lama

 

Fotos: Reprodução/Twitter de Tarcísio de Freitas