O “x-caboquinho”, sanduíche feito com pão francês, tucumã, queijo coalho e banana pacovã frita, pode ser elevado à condição de patrimônio cultural e imaterial de Manaus.

Essa é a intenção do vereador Isaac Tayah (PSDC) com o Projeto de Lei apresentado nesta semana na Câmara Municipal (CMM).

Em sua justificativa, o parlamentar ressalta que a “iguaria é atração principal nos cafés regionais e também é aprovada por visitantes de outros estados e países”.

 

Leia mais 

“O tucumã está para Manaus como o açaí está para Belém”

 

Tayah também destaca as propriedades do tucumã, carro-chefe do sanduíche. “Fruta exótica e exclusivamente amazônica, tem 90 vezes mais vitamina A que o abacate, além de ser rica em vitaminas B e C. Por ser calórica também é energética”.

O PL foi protocolado na terça-feira, dia 4 e será apreciado pelos vereadores.

 

Foto: Reprodução/Internet