Os radares de trânsito, conhecidos como corujinhas, serão reativados em Manaus. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, dia 28, pelo prefeito Arthur Neto (PSDB) que também confirmou a construção de um viaduto na entrada do conjunto Manoa e de uma passagem de nível na avenida Constantino Nery.

O edital para a contratação da empresa que prestará os serviços de fiscalização via radares deve ser lançado ainda em 2019.

“Queremos fazer algo racional, não tornar Manaus um big brother, que cerceia as pessoas. […] Exigimos uma fiscalização decente com radares de última geração”, disse Arthur durante entrevista coletiva na sede da Prefeitura.

Os radares estão desativados em Manaus desde março de 2015.

 

Leia mais 

Arthur sugere qualificar o debate e destaca a razão estratégica da ZFM

 

Ainda de acordo com o prefeito, o objetivo principal é “reduzir a velocidade média dos automóveis” e para isso “o importante é escolher o número certo de pontos vitais” no trânsito.

O presidente do Manaustrans, Franklin Pinto informou que ainda serão definidos os locais em que os radares serão instalados, mas citou a Avenida das Torres, Avenida das Flores e Avenida Nathan Xavier como pontos certos de fiscalização mais rígida.

 

Viaduto

Arthur destacou que Manaus, por ter “a Prefeitura do país mais ajustada fiscalmente”, tem dinheiro em caixa para tocar grandes obras no trânsito.

E disse que está nos planos a construção de uma passagem de nível na avenida Constantino Nery e de um viaduto na entrada do conjunto Manoa, zona norte.

O prefeito pontuou que o viaduto ideal é aquele que “tem tesouras, retornos, alternativas, saídas para um lado, saídas para o outro [..]Deve ser um autorama de gente grande”.

 

Parcelamento

Ainda nesta segunda-feira, o prefeito lançou o sistema de pagamento parcelado das multas de trânsito em atraso. Com o programa, condutores vão poder quitar suas dívidas no cartão de crédito parceladas em até 12 vezes.

 

Foto: Semcom