Neuton Corrêa, da Redação

 

Maior empresa do polo industrial da Zona Franca de Manaus (ZFM), a Samsung faturou R$ 23,2 bilhões em 2018, segundo publicou nesta quarta-feira, dia 13, o jornal Valor Econômico.

A empresa sul-coreana possui fábrica também em Campinas (SP), mas o matutino informa no primeiro parágrafo da notícia que esse valor foi obtido com base em vendas da Samsung da Amazônia.

O dado para a ZFM é inédito porque a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) ainda não divulgou os números consolidados do polo industrial do ano passado. O mais recente foi de novembro.

Mas, o Valor noticia que conseguiu as informações no balanço que a companhia apresentou a seu investidores na Coréia do Sul.

De acordo com os dados, do faturamento de R$ 23,2 bilhões, os sul-coreanos tiraram um lucro de R$ 2,6 bilhões, o que significa apenas 3% do valor global obtido pela empresa no ano passado.

A Samsung há muito assumiu liderança na ZFM: é a que mais gera emprego, a que mais fatura, que mais investe em P&D (pesquisa e desenvolvimento), algo torno de R$ 400 milhões/ano.

No mercado, é considerada a que mais produz itens inovadores.

A multinacional hoje é a maior empresa de smartphone e TV do Brasil e uma das maiores do mundo.

Seu foco foi produzir telefones de linha alta e manter a produção de TV, de olho na massa da população que adquire na faixa de R$ 1 mil a R$ 2,5 mil, sem esquecer as TV de 20 mil reais.

Ou seja, a Samsung atacou a vaidade daqueles que querem um celular caro e na necessidade daqueles que querem uma TV Smart com acesso à internet e qualidade ótima de imagem por menos de R$ 2,5 mil.

 

Foto: Reprodução/Internet