O governador Amazonino Mendes (PDT) lançou nesta quarta-feira, dia 2, o programa “Renda Certa” que financia a aquisição de máquinas, equipamentos e capital de giro para mais de 30 opções de negócios.

Pessoas físicas, microempreendedores, associações e cooperativas têm acesso a um crédito inicial de R$ 38 milhões que é coordenado pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) e tem como agente financeiro a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

Amazonino garantiu a presença do “Renda Certa” em todos os municípios do Amazonas.

“Este programa veio para ficar e vai acontecer em todos os municípios do estado do Amazonas. Você tem equipamento, financiamento, assistência técnica, tem capital de giro. Enfim, é um projeto muito bem concebido, real, verdadeiro e técnico”, ressaltou o governador.

30 mil empregos

Amazonino Mendes destacou que a expectativa é que o programa impulsione a geração de empregos no estado.

“Eu tenho muita esperança de que consigamos mais de 30 mil empregos com essa pequena atividade que estão vendo. E com isso vamos levar paz tranquilidade, segurança, a inúmeros jovens, inúmeras famílias. Chamar um programa desses de eleitoreiro é muita falta de senso, muita falta de respeito à população. O programa é nobre, sério, digno, e estou muito feliz por fazer”, frisou o governador.

De acordo com a presidente do FPS, Mônica Mendes, as equipes do FPS estarão atendendo de forma presencial, no Centro de Convenções Vasco Vasques,  até o próximo sábado, dia 5,  no horário das 9h às 18h, os interessados em abrir ou expandir o próprio negócio.

Limites e taxas

Os limites de financiamento são de até R$ 15 mil para profissionais liberais; de até R$ 30 mil para microempreendedor individual (MEI); de até R$ 150 mil para micro e pequena empresa; e de até R$ 500 mil para cooperativa e associação.

As taxas de juros variam de 6% ao ano para profissionais liberais;  8% ao ano para MEI; 10% ao ano para microempresas (individuais ou de cooperativas e associações); a 12% ao ano para pequenas empresas individuais ou de cooperativas e associações).

Maiores informações sobre o projeto e como se inscrever são obtidas pelos telefones (92) 99436 -1110/ 99437-8793; 3303-8463 e 3303-8341.

Serafim diz que “Renda Certa” de Amazonino é “compra de voto”

*Com informações e foto da Secom.