Por decisão monocrática da desembargadora Cláudia Cristina Cristofani, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o ex-presidente da República Lula da Silva (PT), preso e condenado na Polícia Federal em Curitiba, não poderá participar do primeiro debate na TV das eleições 2018.

A decisão é de hoje, 9, mesmo dia do evento programado pela TV Bandeirantes, à noite.

O pedido, de ontem, foi de mandado de segurança, questionando decisão da juíza Bianca Georgia Arenhart, que havia negado o primeiro recurso do PT para permitir a participação do ex-presidente no debate.

Por decisão da juíza federal Carolina Lebbos, responsável pela execução penal do petista, ele está proibido de conceder entrevistas e não pode deixar o local para participar de debates ou de atividades de campanha.

A notícia é do UOL Eleições 2018.

 

Leia mais

Juíza nega pedido para Lula participar de debate na televisão

Foto: Reprodução/Itupeva Agora