O Ministro do Comércio Internacional e Indústria da Malásia (MITI), Darell Leiking (foto), chega, nesta terça-feira (21), ao Brasil em visita oficial. Amanhã (22), ele visita o ministro da Economia, Paulo Guedes, almoça com o ministro interino das Relações Exteriores, embaixador João Pedro Corrêa Costa, e realiza uma visita ao presidente Jair Bolsonaro.

Como um dos grandes parceiros comerciais do Brasil na Ásia, segundo texto publicado pela Agência Brasil, a Malásia realizou, em 2018, um intercâmbio comercial com o Brasil de US$ 3,5 bilhões, dos quais US$ 2 bilhões corresponderam a exportações brasileiras e US$ 1,5 bilhão, a importações provenientes da Malásia.

Os dois países mantêm também intensa relação na área de investimentos.

Por isso, a visita do ministro Darel Leiking se estenderá a São Paulo, onde se encontrará com empresários e com dirigentes financeiros.

O Brasil é o maior investidor latino-americano na Malásia, país que conta com empresas brasileiras dos setores de mineração, alimentos e automotivo.

Entre as empresas maláias presentes no Brasil, sobressai a estatal petrolífera Petronas, que estabeleceu unidade de produção de lubrificantes em Contagem, Minas Gerais.

Em São Paulo, o ministro malásio cumprirá agenda com investidores, participará um seminário de negócios no Hotel Renaissance, e lançará um conselho de desenvolvimento e comércio Brasil-Malásia.

 

Foto: Khairull Azry Bidin/reprodução News Straits Times