O novo porto de Itacoatiara, construído com investimentos de R$ 66,1 milhões, foi inaugurado neste sábado (16) em solenidade que teve as presenças do ministro dos Transportes, Valter Casimiro, de parlamentares da bancada amazonense no Congresso, além dos prefeitos Antônio Peixoto (Itacoatiara) e Artur Neto (Manaus).

É o maior porto fluvial do interior do Amazonas, com capacidade para atracação de navios e balsas de até 35 mil toneladas.

Conta com terminal de passageiros, pátio de carga para 5 mil contêineres, estacionamento e complexo frigorífico.

“É a maior obra de infraestrutura no interior nos últimos 10 anos e que vai impulsionar a economia do município”, definiu Alfredo Nascimento, que viabilizou os recursos junto ao Governo Federal.

O porto recebeu o nome do Engenheiro Antônio Nelson Ade Oliveira Neto, um itacoatiarense falecido na década de 90, que era um entusiasta do transporte fluvial.

 

NOVO PORTO ITACOATIARA AMAZONAS

O ministro dos Transportes, Valter Casimiro, esteve na inauguração acompanhado de prefeitos e parlamentares
Foto: Divulgação

 

O ministro Valter Casimiro disse que a construção de portos é um projeto prioritário de sua pasta, desde a época em que Alfredo foi ministro dos Transportes.

“Já foram entregues mais de 40 portos só no Amazonas e temos ainda cinco em fase de construção e elaboração de projeto. Já foram investidos R$ 1 bilhão, fortalecendo a economia amazonense”, disse o ministro.

 

O porto e vantagens

O porto de Itacoatiara pode ser uma alternativa para baratear os custos com transportes dos produtos fabricados na Zona Franca de Manaus, mas para isso será necessária a duplicação da AM- 010, que liga a capital a Itacoatiara.

A bancada do Amazonas está se articulando para conseguir recursos, via emenda de bancada, para melhorar os mais de 260 quilômetros da rodovia, conhecida também como Torquato Tapajós.

Fonte: Assessoria Parlamentar

 

Leia também:

Alfredo anuncia que porto de Tefé vai ter balsa maior, de 50 metros

 

Fotos: Divulgação