O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) aguarda o envio da Prestação de Contas Anual (PCA) de 323 gestores da administração direta e indireta dos municípios e do Estado do Amazonas. Até o momento, 31 gestores entregaram suas prestações por meio do sistema e-Contas do TCE.

No total, 354 gestores  devem encaminhar a PCA dentro do prazo, sob risco de receber multa de R$ 2,2 mil do Tribunal de Contas.

“Os gestores terão até as 23h59 do dia 31 de março para enviar a prestação de contas por meio do sistema”, informou o diretor da Diretoria de Tecnologia da Informação, Allan Bezerra.

 

Uso obrigatório do sistema

O sistema e-Contas gera uma lista de arquivos necessários para enviar ao TCE e prestar contas do dinheiro público. A lista varia de acordo com a natureza do órgão, mas todos devem obrigatoriamente enviar os documentos pelo sistema eletrônico.

Até a manhã desta segunda-feira, dia 18, já haviam encaminhado a PCA 16 câmaras municipais, sete prefeituras, três serviços autônomos de água e esgoto, dois institutos municipais, o Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Benjamin Constant e Sistema de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Presidente Figueiredo.

O cidadão pode acompanhar o envio das prestações de contas pelos gestores públicos por meio do endereço eletrônico :

https://econtas.tce.am.gov.br/eContas/pages/relatorio_PCA.jsf

 

*Com foto e informações da assessoria de imprensa.