“É pra fazer”, disse Dilma na propina de R$ 40 milhões a Braga e outros

Pressionado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, o coordenador financeiro da campanha de Dilma Rousseff (PT) em 2014 e ex-ministro Antônio Palocci (PT) quis saber da candidata à reeleição à Presidência da República se era mesmo para liberar R$ 40 milhões da “conta-propina” do Partido dos Trabalhadores para senadores do MDB, entre os quais Eduardo […]

 

“É pra fazer”, disse Dilma na propina de R$ 40 milhões a Braga e outros

Assine para receber em primeira mão

Encontrou algum erro? Entre em contato
TAGS
VEJA MAIS