Gigante no convencimento dos colegas senadores para que votassem favoráveis ao projeto de decreto legislativo do Amazonas contra o decreto do governo federal que prejudica o polo de concentrados da Zona Franca de Manaus (ZFM), o senador Omar Aziz (PSD) gravou um vídeo logo se encerrou a votação para comemorar o resultado e agradecer a Vanessa Grazziotin (PCdoB) e Eduardo Braga (MDB).

Omar compartilhou os louros da vitória com os parceiros de bancada do Amazonas e repetiu as fortes críticas pelo decreto assinado pelo presidente da República, Michel Temer (MDB), que reduziu de 20 para 4% o IPI dos concentrados para a produção de refrigerantes.

“O decreto é ilegal, e é a isso que apelo aos senhores senadores”, repetiu Omar várias vezes em plenário.

Por conta do seu jeito agitado, briguento e prático, Omar é tido pelos colegas de casa como “um leão” quando está defendendo uma causa. Quase sempre esses embates se dão de forma ríspida, como aconteceu no último dia 6, com o senador José Medeiros (Podemos-MT), a quem hoje pediu desculpas.

Hoje, em um dos encaminhamentos de voto de bancadas, o do PV, o líder do partido disse assim:

“O Partido Verde, para tranquilizar o senador Omar, vai votar sim”.

Omar justifica que quando se trata de assunto de interesse da região, é assim mesmo. Pode até ser deselegante, mas que não vai deixar de defender de forma apaixonada uma causa amazônica, como foi o caso dos concentrados da ZFM.

Assista ao vídeo da fala do senador:

Foto: Roque de Sá/Agência Senado