Com número de assinaturas suficientes para ser criada no Senado, a CPI da Lava Toga, para investigar o poder Judiciário, mira integrantes de duas cortes do Amazonas: o Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) e o Tribunal de Justiça (TJ-AM).

As duas cortes tornam-se alvos porque o objetivo do senador Alessandro Vieira (PPS-SE), autor da proposta, vai além da investigação sobre magistrados das cortes superiores e abrir a “caixa-preta” do Judiciário.

Ele conseguiu nesta quinta, dia 14, o mínimo de 27 assinaturas para dar entrada no pedido da chamada CPI.

O objetivo dele e de grande parte dos parlamentares que assinaram a CPI é estender o trabalho a todos os estados, segundo informaram fontes do BNC Amazonas em Brasilia.

Nesse caso, os tribunais de contas e de Justiça são os primeiros a serem investigados.

 

Leia mais

Pedido de CPI da “Lava Toga” vai voltar à mesa do Senado

 

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado